fbpx

01 Fev 2018

Dia dos Namorados 2018: duas ideias para este dia romântico

dia dos namorados 2018

O Dia dos Namorados é uma excelente oportunidade para demonstrares ao teu mais que tudo o quanto estás apaixonado/a. A nossa sugestão passa por conheceres dois locais que, quanto a nós, são dos mais românticos em Portugal: Lisboa e Sintra.

Lisboa cidade romântica

Jardim da Praça da Alegria

Quanto a nós, Lisboa é, sem dúvida, a capital europeia mais romântica. Seja pela sua beleza arquitetónica e paisagística, seja pela sua luz que consegue deslumbrar qualquer visitante.

Deixamos aqui três sugestões de locais que podes visitar de tuk tuk e que de certeza que ambos irão adorar.

Jardim do Príncipe Real

O bairro do Príncipe Real (nome referente a D. Pedro V, filho de Dona Maria II) situa-se a norte do Bairro Alto e é conhecido não só pelas suas lojas de antiguidade e comércio, como pelo seu lindo jardim (oficialmente designado por França Borges) de traçado romântico.

Construído em meados do séc. XIX, este jardim tem um reservatório subterrâneo de água e tem uma das árvores classificadas na cidade de Lisboa como sendo de interesse público: um Cedro-do-Buçaco (Cupressus lusitanica) com mais de 20 metros de diâmetro.

Jardim da Praça da Alegria

Entre o bairro do Princípe Real e a Avenida da Liberdade encontra-se a Praça da Alegria e na sua área central encontra-se um dos jardins miradouros mais românticos de Lisboa: o Jardim Alfredo Keil (mais conhecido por Jardim da Praça da Alegria).

Desenhado com uma traça romântica, este jardim está assente num socalco e apresenta exemplares de plantas exóticas, árvores consideradas de interesse público e um repuxo.

Miradouro de Santa Luzia

O Miradouro de Santa Luzia é um dos mais bonitos miradouros de Lisboa. Não só pela vista espetacular sobre o bairro de Alfama e sobre o estuário do Rio Tejo, como pela sua coleção azulejar criada pelo artista António Quaresma, onde se veem representadas a Praça do Comércio antes do Terramoto e o ataque dos cristãos ao Castelo de São Jorge.

Sintra romântica

Quinta da Regaleira

A vila de Sintra e o seu concelho é um dos mais belos de Portugal. Tanto a nível paisagístico como a nível monumental. Neste dia especial de Dia dos Namorados 2018 aconselhamos o nosso percurso de duas horas que te transporta pelo Centro Histórico, Quinta da Regaleira, Palácio de Seteais, Palácio de Monserrate, Convento dos Capuchos, Chalet da Condessa d’Edla, Castelo dos Mouros e Palácio da Pena.

Centro Histórico de Sintra

No centro histórico desta vila romântica poderás ver o Palácio Nacional de Sintra, um dos Palácios Reais de Portugal, e as ruas estreitas desta vila encantatória.

Quinta da Regaleira

Perto do Centro Histórico de Sintra e na encosta da serra está a Quinta da Regaleira, um espaço com quatro hectares e um palácio, rodeado de luxuriantes jardins, lagos, grutas e construções enigmáticas, que ocultam significados alquímicos, como os evocados pela Maçonaria, Templários e Rosa-cruz.

Palácio de Seteais

O Palácio de Seteais foi construído no século XVIII e atualmente é um hotel da cadeia Tivoli Hotels & Resorts.

Palácio de Monserrate

Inserido no Parque de Monserrate, a traça atual deste palácio remonta aos anos 60 do séc. XIX e apresenta elementos marcadamente góticos, indianos e árabes. Apresenta também uma rigorosa simetria, onde um conjunto de colunas suporta a arcaria neomedieval.

Convento dos Capuchos

Antigo convento da Ordem de São Francisco, este testemunho monumental da Serra de Sintra é caracterizado pela extrema pobreza da sua construção. As celas são muito reduzidas, têm portas revestidas a cortiça e têm uma altura inferior à de um homem. Mesmo a decoração é escassa, levando a um mínimo “franciscano”.

Chalet da Condessa d’Edla

O Chalet da Condessa d’Edla situa-se na zona ocidental do Parque da Pena e foi erigido na segunda metade do séc. XIX. Este espaço é caracterizado pela traça romântica e modelo muito similar aos chalets alpinos típicos da altura, assim como a sensação de refúgio que emana da sua estrutura arquitetónica e envolvência paisagística.

Castelo dos Mouros

O Castelo dos Mouros fica isolado num dos cumes da serra de Sintra e é um monumento erigido com uma planta orgânica, adaptada ao terreno, com cerca de 450 metros de perímetro e 12.000 m² de área. Erguido sobre um maciço rochoso, das suas muralhas tem-se uma vista sobre toda a envolvência rural que se estende até ao oceano Atlântico.

Palácio da Pena

O Palácio Nacional da Pena é um dos exemplos máximos do Romantismo do séc. XIX, aliás foi o primeiro palácio neste estilo a ser construído na Europa, muito antes até do famoso Castelo de Neuschwanstein, na Baviera. Em 2007 foi eleito como uma das Sete Maravilhas de Portugal.

Deixe um comentário

Nome
E-mail
Website